Arquivo da tag: skank

Sutilmente – Skank

Skank

si si si si si la sol sol /E quando eu estiver triste
si si la sol la fa# fa# /Simplesmente me abrace
si si si la sol sol /Quando eu estiver louco
si si si la sol la fa# fa# /Subitamente se afaste
mi mi mi mi sol la si / Quando eu estiver fogo
DO DO DO DO si la si sol /Suavemente se encaixe

re si si si si la sol sol /E quando eu estiver triste
si si la sol la fa# fa# /Simplesmente me abrace
la si si si si RE si si /E quando eu estiver louco
si si si la sol la fa# re /Subitamente se afaste
mi mi mi mi mi sol la si /E quando eu estiver bobo
mi mi mi mi sol la sol mi / Sutilmente disfarce Eh!
mi mi mi mi mi sol la si /Mas quando eu estiver morto
sol RE RE RE DO si DO si sol /Suplico que não me mate, não
si la sol la /Dentro de ti
sol si sol la /dentro de ti

RE si si MI RE si la si sol /Mesmo que o mundo acabe, enfim
RE si si MI RE si la si sol /Dentro de tudo que cabe em ti
RE si si MI RE si la si sol /Mesmo que o mundo acabe, enfim
si si si si si si la si DO si sol /Dentro de tudo que cabe em ti

Via: Edson Michael

 Peço desculpas por todo este tempos sem postar  musicas, devido a falta de internet isto ocorreu. Mas já estou de volta e agora continuarei postando recentemente!!

Agradesso a compreenção de todos!!

Publicidade

Noites De Um Verão Qualquer – Skank

Skank

 

Si- si- si- si- si- DO- si/ Noites de um verão qualquer
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- sol/ Eu me sufoco nesse ar
Si- si- si- DO- RE- sol/ O corpo venta em preto
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- sol/ O chão devora o espaço ocular

Si- si- si- si- si- DO- si/ Noites de um verão qualquer
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- sol/ Deixe que ela entenda o traço
Sol- si- si- si- si- si- RE- sol/ Que invente a fuga por nós dois
Sol- la- sol- la- la- sol- la- sol- sol/ Que sou seus pés, eu sou também seus braços

mi- fa#- sol/ Aaham
Sol- sol- sol- RE- DO- si- la- sol- mi sol/ Ueladumdêraditaumaumêh
Sol- sol- sol- RE- DO- si- sol/ Ueladumdêraditaum

Si- si- si- si- si- DO- si/ Noites de um verão qualquer
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- si- sol/ Dentro da febre desse abraço
Si- si- si- si- si- si- DO- sol/ Satélite voltou do céu
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- la- sol- sol/ Eu sou o resto, sou também o aço

Si- si- si- si- si- DO- RE- sol/ Noites de um verão qualquer
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- la- sol- si- sol/ Sob sua pele encontrei abrigo
Si- la- sol- sol- sol- sol- sol/ Pra gente se devorar
Sol- la- sol- la- sol- la- si- sol/ Na órbita do seu umbigo

mi- fa#- sol/ Aaham
Sol- sol- sol- RE- DO- si- la- sol- mi sol/ Ueladumdêraditaumaumêh
[…]

Si- si- si- si- si- DO- RE- sol/ Seguem infinitos metros
Sol- la- sol- la- sol- si- sol/ Pra perto desse abraço
Si- si- si- si- DO- si- sol/ Eu tento respirar
Sol- la- sol- la- sol- la- sol- la- sol- sol/ Desdar o nó que aperta esse laço